Luan Santana é o artista latino mais procurado na história do Google

03/03/2022

Cantor também é o primeiro sertanejo a esgotar ingressos em Portugal, com apenas 15 dias 


De Campo Grande para o mundo - O sucesso de Luan Santana está mesmo conquistando continentes. Consagrado no Brasil, enquanto aconteciam as suas apresentações de Carnaval, nos maiores eventos do Rio, São Paulo e Santa Catarina, o cantor e compositor era citado como o artista latino mais buscado no Google, à frente de Rick Martin e outros brasileiros como Anitta. A sua internacionalização também se dá do outro lado do Atlântico. Ele é o primeiro brasileiro a esgotar o Altice Arena em Lisboa. Para se ter uma ideia, a turnê "LUAN CITY" tem mais de 20 mil ingressos vendidos e já gerou 1 milhão de euros de receita. Por conta disso, haverá show extra em Portugal. E as apresentações acontecem, em agosto, assim: Dia 20, no Altice Arena, em Lisboa. E 18 e 19, no Super Bock Arena, em Porto.

Liderando as pesquisas mundiais, ele se sente honrado por ver seu nome em tão conceituada análise. Luan Santana celebra a posição de 9º lugar na pesquisa de "Most Googled Latin Artists", sendo o cantor brasileiro mais procurado na história do Google a'à frente de Gusttavo Lima, em 18º lugar, e Anitta em 21º posição.

A pesquisa em questão definiu os latinos mais buscados nos sites do Google de todos os tempos. "Estou vivendo um sonho, ser o brasileiro mais procurado no Google. Está sendo uma das melhores sensações de todas, estou muito feliz e agradeço ao meus fãs, que ecoam a minha música para o mundo", afirma Luan.

Com 8 países representados na pesquisa, o Brasil permanece na quarta posição com 3 artistas.

LUAN CITY EM PORTUGAL

Sinônimo de sucesso no Brasil, Luan Santana já pode sentir o mesmo sabor em Portugal. O hit "Morena" é primeiro lugar nas rádios lusitanas desde o seu lançamento, soma-se a isso ser Top 20 no Youtube e TOP 100 no Spotify de lá. O resultado está nas vendas de ingressos esgotados - atos meses antes do evento - do show em Porto, dias 18 e 19 de agosto. E dia 20 na capital portuguesa.

Por: Caldi Comunicação